• #blábláblá

    Olá. Eu não vou tomar seu tempo. Se você chegou até aqui ou está curioso ou não tem mesmo nada pra fazer. Com certeza você é daqueles que passa horas na internet, se não trabalhando, navegando e, quando pode, acompanhado de uma bebida de sua preferência, escolhida de acordo com o momento. E em tempo de lei seca, a internet virou uma companheira e tanto! Portanto, sirva-se de uma xícara de café, caso ainda esteja no trabalho, ou então pegue uma dose alcoólica extra. Os assuntos aqui são variados. Não seguem regras. Muito menos uma linha. O blog foi criado com a intenção de simplesmente abrir espaço para os diversos assuntos que surgem, assim, de repente, sejam em frases aleatórias encontradas nas redes sociais, na mídia, seja ela impressa ou digital - sim, estão incluídos os blogs -, nos fatos do cotidiano, na vida pessoal, na vida alheia e onde mais houver informação.
  • Arquivos

  • Anúncios

Baleiando

Se o seu Twitter baleiar, poupe o F5 e faça da Fail Whale uma companheira!

Pra quem adora a “mascote” do Twitter, a simpática baleia criada por Yiying Lu inspirou uma linha de produtos. Na lojinha você encontra buttons, canecas, camisetas, mousepads, bonés e até gravatas.

Para um encontro de twitteiros? Não. Isso seria demais da conta.

Para um encontro de twitteiros? Não. Isso seria demais da conta.

Da próxima vez que a baleinha aparecer, recoste na sua confortável cadeira, coloque os pés em cima da mesa, relaxe e tome um café ou um chá – no sabor que preferir.

……………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

Bem, não sou designer, mas já escrevi sobre design de um produto específico para uma revista e o assunto tornou-se um dos meus preferidos. Assim, sempre que posso troco idéias com os designers, hoje amigos, que surgiram em minha vida. E futucando o Desenho Industrial – Improving at Living (aviso que estou lendo TODOS OS TEXTOS), encontrei o Objetos de Desejo. AGORA, por exemplo, desejo muita coisa que vi neste blog. Mas, como eu disse num post dia desses, tudo que eu quero surge no momento em que não tenho um puto no bolso, na carteira, na conta e, principalmente, quando não tenho sorte pra encontrar nem papel no chão, muito menos moeda.

Certo, fico na vontade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: