• #blábláblá

    Olá. Eu não vou tomar seu tempo. Se você chegou até aqui ou está curioso ou não tem mesmo nada pra fazer. Com certeza você é daqueles que passa horas na internet, se não trabalhando, navegando e, quando pode, acompanhado de uma bebida de sua preferência, escolhida de acordo com o momento. E em tempo de lei seca, a internet virou uma companheira e tanto! Portanto, sirva-se de uma xícara de café, caso ainda esteja no trabalho, ou então pegue uma dose alcoólica extra. Os assuntos aqui são variados. Não seguem regras. Muito menos uma linha. O blog foi criado com a intenção de simplesmente abrir espaço para os diversos assuntos que surgem, assim, de repente, sejam em frases aleatórias encontradas nas redes sociais, na mídia, seja ela impressa ou digital - sim, estão incluídos os blogs -, nos fatos do cotidiano, na vida pessoal, na vida alheia e onde mais houver informação.
  • Arquivos

  • Anúncios

Um (in)delicado aviso

Como tem gente sem noção no orkut, não? Por causa dessas pessoas eu passei a apagar meus recados. Alguns amigos diziam hora, local e todas as informações necessárias para qualquer pessoas que quisesse te achar – e não precisasse, claro.

Como se a ilha estivesse segura demais pra dar mole assim. E como se EU quisesse que o mundo soubesse o meu paradeiro. Não que seja confidencial, mas se eu quiser ser encontrada, deixa que eu aviso ao mundo.

Agora, se quer combinar uma saída básica ou seja lá o que for, manda um depoimento, ou USE O CELULAR, cáspita! – como diria o meu padrasto (que Deus o tenha). Ou até combine por scrap, mas as informações detalhadas não são necessárias nesse espaço.

Sem contar os inúmeros SPAMS recebidos diariamente. O pior, muitos spams de amigos (músicos, principalmente). Entendo – em partes – a necessidade de divulgação da banda e que há programas e sistemas que permitem o envio de mensagem para todos de uma só vez, mas, vamos lá, é um porre!

Portanto, deixarei um aviso na minha página de recados.

E, logo abaixo, um exclusivo para SPAMS piscantes, brilhantes e insuportáveis:

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

Durante uma conversa com a Déa, de quem estou morrendo de saudade, – mas que verei em breve -, ela futucou o Carlotices, reencontrou o Copia, Meu Filho e redescobriu o Dr. Pepper.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: